Brasil
Publicada em 16/03/18 às 10:31h - 57 visualizações
Fake news são desafios para institutos de estatística, diz presidente do IBGE

Edição: Nádia Franco


O presidente do IBGE, Roberto Olinto  (Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil)

Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil

O presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Roberto Olinto, disse hoje (15) que o fenômeno da divulgação de informações falsas pelas redes sociais, as fake news, é um desafio para os órgãos estatísticos.

"Ainda tem essa novidade do fake news, que afeta a gente. Volta e meia sai uma notícia que, associada a alguma questão econômica, social, [dá a entender que] o IBGE está envolvido nessa confusão", destacou, em palestra promovida pela Associação Nacional de Editores de Revistas.

Na avaliação de Olinto,a grande proliferação de informações de uma maneira geral é um cenário adverso para os institutos produtores de dados. "A sociedade está se afogando na quantidade de números gerados", enfatizou. Ele disse que, nesse contexto, é cada vez mais difícil manter a credibilidade do IBGE, ainda mais com a grande circulação de diversos pontos de vista.

"Excesso de opinião. Opinião também afeta a estatística oficial, porque você tem que se contrapor, de certa forma, com um dado de confiança", ressaltou.

Segundo Olinto, mesmo índices consolidados ainda são alvo de dúvidas da sociedade: "50% da população brasileira acha que o IPCA [Índice de Preços ao Consumidor Amplo] é errado, que dentro da sua casa a inflação não é aquela e não acredita na gente de forma nenhuma", afirmou. Por causa desse tipo de problema, o IBGE investe em campanhas explicativas nas redes sociais. "Na internet tem uns videozinhos em que tentamos explicar esse tipo de questão."

Além disso, ele destacou que nos últimos anos o IBGE tem construído uma relação próxima e de confiança com a imprensa. "A credibilidade dos institutos de estatística só existe a partir do momento que existe uma boa relação de comunicação com a sociedade. É preciso ser transparente. Isso tem que ser feito através dos diversos instrumentos disponíveis para a comunicação."

Para Olinto, outro fator importante para manter a credibilidade dos estudos é evitar interferências externas ou políticas nos trabalhos. "As pesquisas do IBGE tem que ser protegidas com uma imparcialidade muito grande." destacou.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.




(79) 99941-0830

No Ar
ESPAÇO LIVRE com CARLOS FERREIRA
Peça sua Música

  • Lourdes.
    Cidade: Barra Velha- Sta Catarina .
    Música: Messias a musica é aquela que fala da casa da vovó que tem fogão de lenha sabe qual é.
  • carlos Eduardo
    Cidade: Aracaju
    Música: Paulo Sergio ; Ultima canção
  • ciro pereira
    Cidade: lagarto se
    Música: entiquetas
Mural



Sem Recados no momento
Publicidade Lateral
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 16958 Usuários Online: 29


Parceiros

A Rádio Da Família
Copyright (c) 2018 - Rádio Princesa da Serra AM 830 khz - Todos os direitos reservados