Uma obra que recebeu mais de R$ 36 milhões em investimentos será mesmo abandonada e ninguém fará nada?

Quando foi assinada a ordem de serviço para a construção da Central de Abastecimento de Itabaiana, em 2017, ainda na gestão de Jackson Barreto, a população comemorou, pois via ali um mundo de oportunidades, principalmente, geração de empregos e renda.

No ano passado, exatamente no dia 25 de fevereiro, a Ceasa foi entregue, em meio a presença de muitas autoridades, num evento de comemoração, fogos e muito festejo, visto que a pretensão era que a obra fosse útil para a população e economia, não só itabaianense, mas de todo Agreste.

Mas não foi…. O que faltou para a Ceasa dar certo? Gerência? Administração? Diálogo? Unidade e parceria entre Governo e Município? Uma obra do Governo do Estado, que recebeu mais de R$ 36 milhões em investimentos, que saíram dos cofres públicos, e consequentemente, do bolso dos cidadãos será mesmo abandonada e ninguém fará nada? Feirantes e comerciantes não poderão usufruir e empreender no local, por um preço justo?

Esqueceram que a Ceasa precisa ser realmente habitada, movimentada e colocada em funcionamento? Alguém precisa fazer alguma coisa… Ou será que vão esperar MAIS UM aniversário?